fbpx

Você saberia o que responder se, em uma entrevista de emprego, perguntassem qual é a sua pretensão salarial? Discutir sobre o salário ainda é considerado tabu, e as pessoas se sentem desconfortáveis em falar sobre o assunto.

Mesmo que não tenha experiências anteriores em relação a entrevistas, é bom ter uma resposta na ponta da língua, porque não dá para prever se o recrutador vai tocar ou não no assunto. Para isso, é preciso encontrar um equilíbrio entre pedir um salário acima da realidade e algo que ofereça a você o rendimento possível para viver confortavelmente.

Neste post, nós vamos dar algumas dicas de como pensar sobre isso e como abordar o assunto em uma situação, caso seja preciso. Confira!

Pesquise a média salarial e o mercado

Para chegar preparado em uma entrevista de emprego, é importante que você faça uma pesquisa sobre a média de salário que outras empresas pagam para quem realiza essa função e como o mercado está em relação a ela.

Na internet, é possível pesquisar sobre o assunto. Já existem diversos sites, como o Glassdoor, que reúnem várias médias salariais de muitas profissões diferentes. Neles, você vai conseguir pesquisar por empresa, por cargo, por região e outras variáveis.

Tenha cuidado com salários abaixo da média

Algumas pessoas podem aconselhá-lo a pedir um salário um pouco mais baixo do que a média paga pelo cargo que vai desempenhar, mas isso é um erro que você não deve cometer. Fazer esse tipo de negociação logo na entrevista, a princípio, pode até parecer um bom negócio, poque assim fica mais fácil conseguir a vaga, certo?

Mas imagine como você vai se sentir com o passar do tempo. Enquanto trabalha bastante, vai perceber que deixou de lado toda a sua qualificação profissional ao aceitar esse salário e que todo o seu esforço deveria ser melhor recompensado, o que vai deixá-lo muito frustrado. Além disso, será muito tarde para renegociar o valor. Pense nisso!

Conheça a empresa para qual se candidatou

Qual é o tamanho da empresa? Pequena? Média? Grande? Qual é o segmento de atuação dela? É importante você conhecer as respostas para esse tipo de pergunta, para que consiga ter uma ideia da média salarial da vaga em questão, já que as empresas podem ter variações de salário entre elas, mesmo que seja para desempenhar a mesma função.

Reconheça seu valor

Ainda que a vaga seja para o seu primeiro emprego, reconhecer o seu valor é fundamental para conseguir ser bem remunerado pelo seu trabalho. Aqui, você não deve pensar somente se já teve experiências profissionais anteriores. É preciso colocar na balança toda a sua formação — de vida e em relação aos estudos — e todo investimento que fez em você, seja em cursos profissionalizantes, aulas livres e até vídeos tutoriais no YouTube que você tenha assistido. Qualquer experiência que tenha agregado valor no âmbito profissional e pessoal, entra nessa conta!

Avalie seu custo de vida

Para chegar a esse valor, é preciso levar em consideração todos os seus gastos fixos do mês — o quanto paga com alimentação, transporte, lazer (não se esqueça da Netflix!) e moradia, por exemplo. Com esse resultado, você consegue saber o quanto precisa para não passar aperto no mês. Quando sabe exatamente quanto gasta, fica mais fácil pensar em uma média de salário justa.

Saiba quais são os benefícios

Para que você saiba responder com clareza qual é a sua pretensão salarial, pense nos benefícios que a vaga oferece e não considere somente o salário bruto — que é o valor total, sem descontos. Saiba antes se a empresa vai oferecer convênio médico e odontológico, vale-alimentação ou refeição e vale-transporte, por exemplo. Depois, para saber se compensa ou não, é só você fazer a conta de quanto gastaria se o dinheiro para pagar tudo isso saísse do seu bolso.

Uma boa dica é incluir no currículo, ao lado da pretensão salarial, uma informação de que está disposto a negociá-la de acordo com o pacote de benefícios. Desse jeito, o recrutador vai saber que você está disposto a discutir o salário da vaga ao levar em consideração outros fatores.

Considere ganhos indiretos

Hoje em dia, muitas empresas estão sendo bastante flexíveis com os benefícios que oferecem para os seus colaboradores. Por isso, mesmo que o salário, em si, seja bastante importante, considere se é possível, dentro da sua realidade, ganhar um pouco abaixo do que esteja esperando, mas poder ter mais flexibilidade de horários, trabalhar em casa algumas vezes por semana ou coisas do tipo.

Só diga sua pretensão salarial se perguntarem

Alguns especialistas recomendam que você só toque no assunto se for perguntado sobre ele na entrevista, e somente no momento em que o recrutador falar sobre isso. Portanto, não coloque essa informação no currículo ou na carta de apresentação se não for solicitado, ok?

Por outro lado, um erro que muitas pessoas comentem é não falar sobre a pretensão salarial, mesmo quando o assunto é discutido na entrevista. Se você não responder a essa pergunta, pode ser que o seu desempenho no processo seletivo não seja tão bom. Então, é sempre bom esperar pelo momento certo para agir em relação a esse assunto, certo?

Saiba negociar

Por último, saber como entrar em uma negociação vai ser muito importante nesse momento. Caso você não concorde com o salário proposto pelo entrevistador ou ache que pode conseguir que ele aumente, nem que seja só um pouco, não tenha vergonha de expor seus pensamentos.

Uma boa dica é agir com firmeza. Ter segurança enquanto fala é um dos pontos mais importantes para que consiga impor seus argumentos, e isso faz com que a pessoa que vai ouvir preste mais atenção em você. Antes da entrevista, vale até treinar, para ter uma ideia de como vai se sair. Simule uma conversa na frente do espelho, grave um áudio ou vídeo no celular, qualquer coisa que ajude nesse momento. Assim, você vai ter uma noção mais real de como estão seus argumentos e se é preciso melhorar.

Como deu para perceber, pensar (e falar) sobre a melhor pretensão salarial não é nenhum bicho de sete cabeças, não é mesmo? Agora que você já conhece a melhor maneira de responder perguntas sobre esse assunto, está pronto para se destacar no mercado de trabalho e vai ter muito sucesso na entrevista de emprego!

Gostou do que foi tratado no texto? Está preparado para conseguir a vaga dos sonhos? Então, que tal, antes, entender como escolher a qualificação profissional ideal? É um assunto muito importante!

Tags:

Encontre a JUMPER! mais próxima

Ver unidades