fbpx

Se você se inscreveu para o Exame Nacional do Ensino Médio de 2020, certamente, já sabe que a pandemia afetou, entre muitas coisas, o calendário de aplicações das provas — afinal, essa foi uma notícia que movimentou as redes sociais. Agora, ele será realizado em janeiro de 2021. Porém, mesmo com o adiamento de dois meses, muita gente ainda não se deu conta de que essa pode ser uma boa oportunidade para estudar mais e dar aquele gás na revisão das matérias. Pensando nisso, trouxemos algumas dicas para o Enem.

Acompanhe o post e fique por dentro de como usar esse tempo extra ao seu favor para ficar mais preparado para mandar ver nas questões e fazer uma redação digna de nota mil! 🤘🏻

Monte um cronograma de estudos

A primeira dica é simples e clara: nada de desperdiçar tempo. Comece montando um cronograma de estudos que vá até uma semana antes das provas. Isso é importante para que você mantenha sua dedicação firme e forte e consiga ter contato com todas as matérias, sem deixar nenhuma de escanteio, sabe? Porém, atenção: divida ele em duas etapas.

A primeira, que deve durar mais tempo, será dedicada a ler, fazer exercícios e montar resumos daqueles conteúdos que você ainda não tinha estudado. Já a segunda fase, que deve ocorrer nas semanas iniciais de janeiro, é para ser uma grande revisão de tudo o que você estudou antes e depois de montar o cronograma. Assim, os assuntos ficam mais frescos na memória.

Dê mais atenção às matérias nas quais você tem mais dúvidas

Se há uma ou mais matérias que costumam tirar o seu sono, nada de se desesperar! Aproveite o seu cronograma para dedicar mais horas e até mesmo mais dias para se aprofundar nelas. Por exemplo, você decidiu estudar duas horas por dia de segunda a sexta e a sua dificuldade é com biologia.

Nesse caso, dá para se planejar reservando as terças e quintas apenas para ela. Os demais dias da semana ficam para as outras disciplinas, cada qual com uma hora.

Veja assuntos históricos de outra forma

Uma terceira dica é aprender os assuntos de História de outra forma. Isso porque essa é uma matéria que não conta com fórmulas ou teorias, mas sim fatos, datas e eventos que foram marcantes no passado. Algo que, para alguns, pode ser difícil para compreender e fixar os conteúdos de primeira só com a leitura.

Portanto, se você tem essa dificuldade, saiba que uma excelente solução é diversificar a forma como você estuda essa disciplina, tendo contato com ela por outros meios, como filmes, documentários, séries, programas e até animações. Por exemplo, se você está lendo sobre nazismo, é uma boa assistir filmes como O Pianista, A Lista de Schindler e o Diário de Anne Frank que mostram acontecimentos reais da época. 📽 🎞

Pratique com simulados

Uma vez por semana, pesquise por simulados do Enem disponíveis na internet e faça eles como se o grande dia tivesse chegado. Pode parecer cansativo no início responder tantas questões apenas como um teste, mas acredite: isso vai ajudá-lo a se preparar mentalmente para lidar com o tempo e a pressão do momento. Para completar, é uma ótima forma de descobrir, na prática, em quais conteúdos você tem errado mais questões e o porquê disso.

Faça o exercício da autoexplicação nas disciplinas com teorias

Outra das dicas para o Enem tem a ver a com o exercício da autoexplicação ao estudar matérias com teorias, como a Física e a Química. Porém, fique tranquilo. A gente explica como ele funciona! Basicamente, você deve ler e interpretar o que dizem essas teorias e o que elas se propõe a fazer.

Em seguida, deve fazer uma anotação para cada uma delas explicando, com as suas próprias palavras, o que os conceitos significam, como podem ser usados no dia a dia e ainda citar exemplos práticos. Isso vai facilitar (e muito) a sua compreensão dessas disciplinas, fazendo com que você passe da fase decoreba para a fase memorização.

Treine a sua escrita todo fim de semana

Além das dicas para o Enem que já foram citadas, é uma boa ideia que você treine sua escrita todo fim de semana, fazendo uma redação no sábado ou no domingo. O motivo disso é bem simples: aprender mais sobre ortografia e gramática para não cometer deslizes no exame e melhorar a sua capacidade de construir textos e argumentar de forma clara.

Pesquise temas que podem ser cobrados na prova de redação

Além de caprichar no treino da sua escrita, é importante que você pesquise temas que podem ser cobrados na redação. Para tanto, veja os assuntos que estão em alta nos noticiários nos últimos meses, as novidades que estão bombando na internet e as questões relacionadas à pandemia — que podem envolver mídia, saúde, economia, política etc.

A partir daí, é só fazer redações sobre esses temas para já se preparar e ter uma ideia mais clara de como falar sobre eles e desenvolvê-los em até 30 linhas. 📝

Promova debates sobre as matérias com os seus amigos

Por fim, que tal promover pequenos debates com os seus amigos para testar os conhecimentos de vocês? Essa é uma forma leve e divertida — e que vai render boas risadas (e até alguns memes) — de melhorar o seu aprendizado e a fixação dos conteúdos.

Uma dica bem bacana é que cada um monte questões sobre a matéria favorita para testar os demais. Já os encontros podem ser tanto presenciais quanto feitos online por meio de videochamadas. Aqui o que importa é a criatividade e o interesse em se desafiar!

Como deu para ver com as dicas para o Enem, não é nenhuma missão impossível alcançar um bom resultado. Tudo o que você precisa é ter planejamento, foco e ser inteligente na hora de utilizar esses dois meses a mais até o exame. Além disso sempre é interessante contar com um curso preparatório de qualidade, como o da Jumper Cursos, que o ajuda a se aprofundar e a ter um maior domínio nos conteúdos.

Por isso, não perde tempo: entra em contato com a gente para conhecer mais sobre o nosso curso e os diferenciais dele!

Tags:

Encontre a JUMPER! mais próxima

Ver unidades