fbpx

Você está com o currículo prontinho, mas a empresa também pede uma carta de apresentação e você não tem ideia de como fazer? 😌 Calma, calma, estamos aqui para ajudar!

Essa tal carta de apresentação é apenas um documento que vai junto do seu currículo e complementa ele com algumas informações extras sobre você. Na verdade, é uma ótima oportunidade de mostrar sua motivação para conseguir a vaga e compartilhar algumas de suas qualidades com os recrutadores.

Se você ler este texto até o final, vai descobrir tudo sobre esse documento e ainda vai saber como criar uma carta de apresentação arrasadora! Partiu?

Para que serve uma carta de apresentação?

Imagine que você é um recrutador em uma empresa e recebe dezenas de currículos para uma vaga. Todos os currículos seguem aquele padrão que a gente já conhece, bem básico. Será que você não ia gostar de uma informação extra para descobrir quem são os melhores candidatos?

Pois é, a carta de apresentação acaba sendo um pouco mais espontânea. Ela tem texto corrido, tipo uma “mini redação”. Não é só uma lista de cursos profissionalizantes que a pessoa já fez ou de trabalhos que ela já teve.

Porém, quem manda uma carta de apresentação também acaba se dando muito bem — apesar do trabalho extra. Quer entender por quê? Se liga em alguns motivos que a gente separou para você. 👀

Aumenta as chances de conseguir a vaga

Quando a gente conhece outra pessoa, precisa rolar uma apresentação, né? Se você contar suas qualidades e as coisas que curte, as chances da outra pessoa se identificar e rolar um “match” são muito maiores. 😍

Algo parecido acontece quando o profissional manda uma carta de apresentação para a empresa. O recrutador pode conhecer melhor o candidato e saber coisas que vão fazer a diferença para a escolha dele. É por isso que você pode mandar esse documento com seu currículo, mesmo que não seja obrigatório.

Mostra seu valor como profissional

Principalmente para quem está em busca do primeiro emprego, a carta de apresentação é uma oportunidade de mostrar qualidades que podem ajudar a conquistar a vaga.

Ter experiência no mercado não é o único critério dos recrutadores. Eles valorizam também experiências de voluntariado, participação em projetos sociais, escolares e outras vivências que você pode ter. Eles também querem pessoas que sejam motivadas, estejam dispostas a aprender e colaborar para o crescimento da empresa.

Como arrasar na sua carta de apresentação?

Agora que você sabe que mandar uma carta de apresentação pode ser uma chance a mais de conquistar sua vaga, já está na hora de aprender como escrever um texto que conquiste os recrutadores.

Separamos algumas dicas incríveis que vão ajudar você a elaborar a carta. Você vai ver que é muito mais simples que imagina. Bora lá? 👇

Venda seu peixe

Nada de ficar com vergonha de falar das suas qualidades, hein?! Na carta de apresentação você pode vender seu peixe à vontade.

Conte quais são suas habilidades técnicas, ou seja, os cursos que você já fez, programas que sabe mexer e se sabe algum idioma. Mas fale também das suas competências de relacionamento, coisas que ajudam no dia a dia de um trabalho. Por exemplo:

  • proatividade;
  • facilidade em aprender coisas novas;
  • empatia na hora de conversar com as pessoas;
  • facilidade de liderar grupos;
  • resiliência frente a desafios;
  • boa organização do tempo.

Faça um texto objetivo

O tamanho da carta de apresentação é uma dúvida que persegue todos os profissionais. Nossa dica é: fuja do textão. É normal se empolgar e querer falar muitas coisas para convencer o recrutador, mas não dá para cansar quem vai ler, não é mesmo?

Faça um resumo do que você precisa falar e escreva de forma objetiva. Sugerimos que você não passe de três parágrafos curtos.

No primeiro parágrafo, você se apresenta e mostra seu interesse em trabalhar na empresa. No segundo, mostra quais são suas qualificações (curso profissionalizante, inglês etc). Já no terceiro, pode compartilhar suas qualidades, reforçando que elas podem ajudar no seu desempenho. Viu como dá para falar de tudo?

Explique sua motivação

Na hora de falar o motivo de querer trabalhar na empresa, nada de escrever que está precisando de dinheiro ou algo do tipo. O melhor é demonstrar sua admiração pela organização e explicar qual é sua motivação.

Por exemplo, você pode estar em busca de uma oportunidade para o primeiro emprego, ou mesmo de uma chance de se recolocar no mercado. Deixe claro seu status profissional e se apresente à disposição para integrar o quadro de funcionários da empresa.

Revise o português

Dica importante: fique de olho no português! 💀 Errinhos de ortografia e gramática passam uma impressão ruim, por isso, é fundamental dar aquela revisada depois de ter terminado de escrever.

Uma ótima opção é pedir para algum amigo ou parente revisar o documento para você. A pessoa ainda pode dar dicas e falar se o texto está claro e objetivo como deve ser.

Não esqueça das formalidades

Por mais que a carta de apresentação seja um texto corrido e menos impessoal, ela ainda exige que você cumpra algumas formalidades. No topo da página, você pode usar “Prezado(a) recrutador(a)” para começar a carta.

No final, é importante escrever que está à disposição e se despedir usando “Atenciosamente” e o seu nome. Você também pode acrescentar no topo ou no final do documento seus dados de contato, como nome completo, telefone e e-mail.

Que tal um exemplo?

Para terminar este texto com chave de ouro, queremos ajudar você com um exemplo da estrutura que uma carta de motivação precisa ter. Essa é uma forma de você saber por onde começar e aí é só inserir seus dados e adaptar à sua situação e aos seus conhecimentos.

“Prezado (a) Recrutador (a),

Meu nome é (Seu Nome) e estou em busca do meu primeiro emprego. Me identifico com os valores da (Nome da Empresa) e, por isso, gostaria de me candidatar à vaga de (Nome da Vaga).

Estou cursando (Curso ou ano escolar) e tenho conhecimentos em Informática (Nível) e Inglês (Nível). Sou uma pessoa proativa e sempre disposta a aprender. Tenho facilidade de falar em público e de liderar grupos. No momento, atuo como representante do grêmio em minha escola.

Estou à disposição para mais informações e para uma entrevista pessoalmente.

Atenciosamente,

(Seu Nome).”

Chegou até aqui? Que ótimo! Esperamos que este texto tenha ajudado você a entender o que é uma carta de apresentação e como escrever o necessário para chamar a atenção positiva dos recrutadores.

Temos um outro artigo excelente que vai ajudar a descobrir o melhor caminho para se recolocar no mercado. Que tal ler também?

Tags:

Encontre a JUMPER! mais próxima

Ver unidades