Principais assuntos do Enem: 6 temáticas da prova de ciências humanas

principais-assuntos-do-enem-6-tematicas-da-prova-de-ciencias-humanas.jpeg

A época mais importante do ano para muitos estudantes do Ensino Médio está batendo à porta, deixando os jovens com frio na barriga e cabelo em pé. Já sabe do que estamos falando, não é? Dele mesmo: o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Marcado para os dias 4 e 11 de novembro, os principais assuntos do Enem já estão sendo revisados pelos milhares de brasileiros que vão fazer a prova para tentar garantir uma vaga no Ensino Superior e começar a sonhar com o mercado de trabalho

Pensando em ajudar os candidatos que vão fazer a avaliação durante os estudos, reunimos neste post os temas mais aparecem na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias. Gostou da ideia? Então se joga nesta leitura! \o/

1. Formas de organização social, ação do estado, movimentos sociais e pensamento político

Correspondendo a 36,88% das questões do exame entre 2009 e 2016. Os temas presentes nesse tópico são:

  • geopolítica e conflitos entre os séculos XIX e XX, como: imperialismo, ocupação dos continentes asiático e africano, guerra fria e guerras mundiais;
  • luta dos cidadãos pela conquista de direitos humanos, civis, sociais e políticos;
  • ditaduras políticas na América e estado novo no Brasil;
  • movimentos sociais na era da internet.

2. Estruturas produtivas

Os aspectos abordados no campo “características e transformações das estruturas produtivas” contabilizaram 25,19% das questões entre 2009 e 2016. Os temas que se destacaram nessa área foram: 

  • formação do espaço urbano-industrial;
  • produção e transformação dos espaços agrários;
  • globalização;
  • mudanças na estrutura produtiva no século XX: fordismo, toyotismo e novas técnicas de produção e suas consequências no mundo;
  • novas tecnologias de telecomunicação e suas consequências sociais, econômicas e políticas;
  • industrialização e urbanização brasileira;
  • transformações sociais e trabalhistas no Brasil.

3. Conflitos, diversidade cultural e vida em sociedade

Essa categoria foi a terceira mais cobrada na avaliação entre os anos de 2009 e 2016, correspondendo a 22,34% das perguntas. A área inclui os seguintes assuntos:

  • diversidade cultural no Brasil;
  • democracia e cidadania na Antiguidade;
  • movimentos culturais no ocidente e seus efeitos na política e na sociedade.

4. A relação do ser humano com o ambiente

Do total de questões de ciências humanas, 13,77% delas falam dos domínios naturais e da relação do ser humano com o meio ambiente. Entre os aspectos que se destacam nesse item, estão:

  • o uso dos recursos naturais pelas sociedades ao longo da história;
  • os recursos hídricos, as bacias hidrográficas e suas utilizações;
  • a relação do homem com a natureza;
  • as questões ambientais contemporâneas: ilhas de calor, mudança climática, chuva ácida, efeito estufa e destruição da camada de ozônio;
  • os impactos ambientais das atividades econômicas no Brasil.

5. Representação espacial

Os conhecimentos sobre representação espacial foram responsáveis por 1,56% das perguntas nos últimos anos. Essa categoria trata basicamente do estudo da cartografia. Veja o que é cobrado:

  • leitura e interpretação de mapas políticos, temáticos e físicos;
  • projeções cartográficas e tecnologias aplicadas à cartografia.

6. Biotecnologia e sustentabilidade

Na lanterninha dos temas mais cobrados, com 0,26% de aparição, temos biotecnologia e sustentabilidade. Apesar desses temas aparecerem bem menos que os outros citados, eles podem ser cruciais para que você conquiste uma boa nota no exame e alcance a aprovação no Sistema de Seleção Unificada (SISU). Portanto, não deixe de estudá-los, combinado?

Agora que você já sabe quais os principais temas da prova de Ciências Humanas é só dar uma revisada profunda nesses pontos, respirar fundo na hora da avaliação e mandar ver! 

E aí, curtiu conhecer os principais assuntos do Enem? Conta pra gente aqui nos comentários as suas principais dúvidas sobre essa área do conhecimento. A gente vai adorar papear mais um pouquinho! 🙂