Como ter mais dinheiro no fim do mês

como-ter-mais-dinheiro-no-fim-do-mes.jpeg

Fazer o dinheiro render não é tarefa fácil, principalmente para quem não tem um emprego fixo ou não recebe um bom salário ainda. Mesmo assim, é possível desenvolver alguns hábitos simples que ajudam a economizar no dia a dia e conquistar mais coisas com o seu dinheirinho.

Você não precisa esperar aumentar o salário para poupá-lo e fazer planos com ele. Com qualquer valor já é possível administrar sua renda e se organizar financeiramente. Quer saber como fazer isso? Neste post trouxemos dicas incríveis para ajudar você! Aproveite!

Anote todas as despesas diariamente

O primeiro passo para economizar é saber exatamente com o que você gasta a sua graninha. Fica difícil saber como poupar se você não tem certeza para onde seu salário está indo. Assim, comece anotando todas as suas contas fixas — aquelas que são de sua responsabilidade todos os meses.

Depois de calcular as despesas fixas, você vai ter uma boa ideia de que parcela da sua renda fica comprometida todos os meses. Você pode aproveitar esse momento para avaliar se alguma dessas contas pode ser cortada ou modificada.

Além disso, crie o hábito de anotar diariamente todos os seus gastos. Mesmo aqueles que parecem insignificantes, como um bombom que você compra na cantina da escola. O ideal é que no final do mês você consiga identificar tudo que comprou ou pagou com o seu salário.

Esse controle financeiro pode ser feito no seu caderno ou agenda, mas também existem programas de computador e aplicativos de celular que ajudam nessa tarefa. Procure a melhor estratégia para você e insista nesse hábito. Mesmo que pareça difícil no começo, vale a pena!

Corte gastos desnecessários

Essa dica é continuação da anterior. Quando você anota todos os seus gastos do mês fica mais fácil avaliar as contas e saber em qual ponto dá para economizar. Observando as suas anotações você pode perceber, por exemplo, que gastou uma boa grana em saídas (que não foram programadas) com os seus amigos ou comendo fora de casa.

Esses custos podem ser reduzidos com algumas atitudes básicas, como se planejar e escolher programas mais baratos, ou começar a levar marmita para o trabalho. Você também pode cortar gastos com serviços que podem ser feitos em casa — experimente pintar as próprias unhas, por exemplo. Assim, aos poucos, você consegue economizar no dia a dia.

Poupe dinheiro no início do mês

A maioria das pessoas espera sobrar um valor do salário para colocá-lo na poupança. O problema disso é que há um risco muito grande de você gastar toda a renda antes do final do mês. Afinal, o dinheiro na conta fica disponível para saídas e compras que não estavam programadas.

Por isso, o ideal é definir uma meta para poupar e já tirar esse valor da conta no começo do mês. Assim, você esquece que essa parcela existe e passa a viver apenas com uma porcentagem menor do salário. Fazendo isso, você evita que compras de última hora atrapalhem sua poupança!

Ter um dinheirinho guardado é muito importante para passar por situações emergenciais ou para fazer planos de médio e longo prazo, como viajar ou ajudar na reforma de casa. Mesmo que você consiga reservar apenas um pequeno valor, se comprometa a transferir essa parte para a poupança logo que receber seu salário.

Planeje suas compras

Uma ótima forma de economizar no dia a dia é planejando os seus gastos. Por exemplo: compre roupas apenas quando for realmente necessário. Faça uma lista das peças que você está precisando e pesquise bastante os preços, procurando por lojas que vendam roupas de qualidade por um valor mais barato.

A mesma ideia vale para quando você for ao supermercado. Faça uma lista com os produtos que precisa comprar e siga à risca. Evite comprar comida quando estiver com fome, pois a vontade de levar coisas a mais vai ser maior. Além disso, procure pelos mercados mais baratos e aproveite os dias das promoções.

É possível economizar mesmo em necessidades básicas, como remédios. Quando precisar comprar medicamentos opte sempre pelas opções genéricas — elas têm a mesma fórmula e custam menos. Também realize pesquisa de preços e prefira comprar em farmácias populares.

Tenha cuidado com o cartão de crédito

Muitos brasileiros se enrolam com dívidas no cartão de crédito por que o consideram como uma renda extra. Você não pode esquecer que o dinheiro para pagar as faturas sai do mesmo salário que você usa para custear as contas básicas.

Por isso, se você possuir um cartão, acompanhe de perto os seus gastos e evite fazer compras parceladas (elas dão a sensação de que está sobrando dinheiro, o que pode fazer você se desorganizar). Quando precisar parcelar, anote todas as mensalidades e reveja seu orçamento durante os meses de duração das parcelas.

Sempre que possível escolha pagar as compras à vista. Além de evitar problemas de descontrole financeiro, essa opção pode garantir bons descontos. A maioria dos comércios trabalha com preços melhores para quem paga em dinheiro. Aproveitar essas vantagens é ótimo para economizar no dia a dia!

Até a compra de objetos mais caros, como móveis, celular ou computador, pode ser realizada sem o cartão de crédito. Experimente avaliar os preços e juntar um pouco de dinheiro todo mês. Assim, em algum tempo você tem o valor para pagar à vista, consegue descontos e evita se endividar no cartão.

Prefira fazer programas gratuitos ou baratos

O lazer é uma das categorias em que mais gastamos dinheiro. É claro que não é saudável cortar saídas com amigos e família, por isso, a melhor opção é procurar alternativas mais baratas. Assim, é possível se divertir pagando menos.

Em muitas cidades, você consegue realizar programas gratuitos, como passeios em praças e parques, idas aos museus e até mesmo shows organizados pela prefeitura. Você também pode propor que o seu grupo de amigos substitua o ingresso do cinema por uma tarde de filmes na casa de alguém — o programa é igualmente (ou até bem mais) divertido e muito mais em conta.

Viu como não é difícil economizar no dia a dia? Seguindo essas dicas você cria hábitos mais econômicos e consegue fazer a sua graninha render mais. Com isso, fica mais fácil pagar todas as contas e fazer planos para o futuro com o valor que você vai poupar todo mês.

Quer saber como aumentar seu salário para juntar ainda mais dinheiro? Leia nosso post sobre 8 maneiras de melhorar o currículo e conquiste melhores oportunidades profissionais!