6 dicas para ter mais motivação para estudar e arrasar nas provas

6-dicas-para-ter-mais-motivacao-para-estudar-e-arrasar-nas-provas.jpeg

Aprender uma matéria com a qual não temos muita intimidade pode ser uma tarefa difícil, não é verdade? Por isso, é normal se sentir desmotivado ou sem foco para os estudos. Porém, a motivação para estudar é muito importante para que você fique por dentro e se dê bem nas provas! 😀

Você também precisa pensar além: ter uma boa formação pode ser um diferencial e facilitar a procura por um emprego. A concorrência no mercado de trabalho é grande e, para ser contratado e ganhar uma boa graninha, é preciso se destacar.

Já parou para pensar no quanto a motivação é importante para alcançar seus objetivos? Então, não deixe de acompanhar as dicas que separamos para que você consiga mandar esse problema para beeem longe e arrasar nas provas! Se liga só! o/

1. Pense nos seus objetivos

Um atleta que pretende ser o melhor na sua modalidade deve primeiro definir seus objetivos, e só depois correr atrás para alcançá-los. Afinal, é mais difícil chegar a algum lugar se você não sabe o que quer. E isso também vale para os estudos!

Então, para ter aquele gás na hora de estudar, tenha sempre em mente os benefícios que aqueles conhecimentos a mais vão trazer no futuro. Pode acreditar: concluir o Ensino Médio é uma conquista que vai abrir várias portas para você. \o/

Pense também no que você quer fazer depois de terminar a escola. Qual profissão você deseja seguir? Imagine que você quer trabalhar como caixa em uma loja, por exemplo. Se é isso o que você tem vontade, escreva em uma folha e cole no mural ou na parede do seu quarto.

Essa é uma dica muito importante, porque você só vai se sentir motivado se tiver uma meta para alcançar. Faça planos, imagine você trabalhando com o que quer e, então, corra atrás o máximo que puder para conseguir realizar o seu sonho. #foco #força #fé 😉

2. Defina metas para chegar lá

Depois de definir seus objetivos, é hora de pensar em como você vai conseguir alcançá-los. Para isso, faça o planejamento das estratégias que você vai utilizar.

Por exemplo: você pode montar um plano de estudos com os horários e a duração de cada atividade, definir o lugar ideal se concentrar melhor e juntar o material adequado, reservar um tempinho para praticar o que aprendeu e trocar uma ideia com os colegas… são muitas as possibilidades! 😀

Ah! Anote esse caminho na mesma folha em que você escreveu seu objetivo. Veja algumas dicas:

  • defina a hora e o espaço exatos em que você vai estudar. Por exemplo: “Vou estudar na biblioteca da escola, todos os dias, depois da aula, a partir das 13 horas. Vou fazer uma pausa entre 15 e 16 horas e continuar os estudos até as 18 horas.”;
  • defina quantas páginas do material devem ser lidas, em quantas horas por dia até determinada data. Por exemplo: “Tenho que ler 20 páginas do livro de Química, 2 horas por dia até o dia da prova”;
  • determine em quais dias da semana você vai resolver questões, fazer simulados e reunir com seu grupo de estudos. Por exemplo: “Às segundas, quartas e sextas-feiras, vou fazer 3 questões por dia e, nas terças e quintas-feiras, vou conversar sobre a matéria com meus colegas”.

Dessa forma, fica mais fácil ver para onde você está indo e qual o melhor caminho para chegar ao seu destino. Molezinha, né? (é, talvez não seja tanto assim! Mas vai valer a pena, tá?! Disso, nós temos certeza)!

3. Tenha foco total

Sem dúvidas, quando se quer muito algo, isso deve ser a sua prioridade. Assim, depois de definir seus objetivos e traçar suas metas, é preciso manter o foco e dar aquele gás para cumpri-las. 😉

Portanto, se o seu objetivo é conseguir aqueeele emprego depois de terminar o Ensino Médio, faça uma forcinha para prestar bastante atenção nos estudos e deixe os momentos de lazer para outra hora — não que você não possa se divertir, mas segure a onda e busque o equilíbrio! Como diria Katy Perry: “depois do furacão vem o arco-íris”. <3

Ah, e se para fazer o que você quer é preciso ter conhecimentos específicos, vá atrás!

4. Pense sempre positivo

Acredite, o pensamento é o que move as pessoas! Assim, se você é um praticante do “deboísmo”, vai ter um incentivo a mais para fazer o que deseja, por mais difícil que pareça. Deixe todas as ideias negativas de lado! Por isso, quando estiver estudando, foque nos pontos positivos, não importa se é a matéria que você mais gosta ou a que tem mais dificuldade.

Vamos supor que você goste muito de Português. Pense, então, como é legal aprender uma regra gramatical nova ou escrever uma redação sobre um tema interessante. XD

Por outro lado, se Biologia parece ser mais complicada, tire o pensamento disso e tente deixar o processo de aprendizagem mais leve. Por exemplo: não é incrível o que cada parte do corpo humano pode fazer?

Coloque na sua cabecinha, também, que você é capaz de aprender e alcançar seus objetivos. Assim, em vez de pensar que é complicado passar de ano, considere isso um desafio para se superar e mostrar para si mesmo que você consegue. Fechou? 😉

5. Recompense-se pelo esforço

Uma dica que funciona para que você se sinta mais motivado é ter uma recompensa quando uma meta é cumprida. Geralmente, um atleta compete em provas buscando alcançar o prêmio final — pode ser um troféu, uma medalha, dinheiro ou, até mesmo, só a sensação de superação, certo?

Então: por que não fazer isso também? Quando for estudar, faça uma promessa a si mesmo: um benefício que você vai ganhar se cumprir tudo. Vale contar no relógio as horas de estudo ou de questões feitas para ganhar um chocolate ou uma ida ao cinema com os amigos, por exemplo. Nada mau, hein? o/

6. Compartilhe conhecimento

Por falar em amigos, por que não contar com eles nos estudos? Todos nós sabemos que ter uma forcinha de alguém em tarefas mais difíceis é um incentivo a mais para cumpri-las. Aliás, amigo que é amigo faz isso, não é mesmo? 😀

Por isso, convide seus colegas para estudarem com você. Formem grupos de estudos em algum dia da semana e com horário marcado. Vocês podem, ainda, aproveitar o momento para conversar sobre a matéria e tirar dúvidas. Só não vale ficar falando do @crush e se esquecer da matéria, heeein?! A tentação é grande, mas o foco tem que ser maior! 😛

Além disso, sempre tem aquela pessoa que é um gênio em uma matéria e pode dar uma “aula”. Isso é bom tanto para quem ensina, já que permite reforçar o que sabe, quanto para quem aprende, pois fica mais fácil guardar na caixola conhecimentos ditos por quem você se identifica e que fala sua língua. o/

Agora que você está por dentro dessas dicas, por que não usá-las na sua rotina de estudos? Assim, vai ser mais fácil aprender e as boas notas vão vir naturalmente como consequência do seu esforço. E lembre-se: a maior motivação para estudar deve vir de você mesmo! <3

E se você quer se preparar para o mercado de trabalho, saiba que os cursos presenciais são opções muito interessantes para estudar e também para fazer novos amigos. Ficou interessado? Então, entre em contato com a gente! Até mais!