Notícias

Tatuagem, piercing e o mercado de trabalho.

Um assunto que ainda é tratado como um grande tabu no mercado de trabalho é o uso de tatuagens e piercings no meio corporativo é um tema polêmico, que divide opiniões e gera muitas controvérsias. Até a década de 90 a tatuagem e o uso de piercing era abominados no ambiente de trabalho, todavia, hoje, o mundo corporativo vem se tornando cada vez mais flexível, a tatuagem e o piercing tem sido mais bem aceito no ambiente profissional, muitas empresas tem se interessado mais pela eficiência e o desempenho do profissional e não tanto pela sua aparência ou pelo que ele faz ou deixa de fazer com seu próprio corpo. Contudo, ainda há organizações mais conservadoras, que ainda possuem certa resistência quando o assunto é ter um funcionário que possua piercing e ou uma tatuagem, por isso é bom ter cuidado na hora de planejar fazer uma tatuagem ou de expô-la em um ambiente profissional, use de bom senso.

Mas, por qual motivo as empresas estigmam o uso de piercings e tatuagens? Segundo algumas pesquisas, para algumas corporações estes adereços passam a sensação de agressividade e desleixo, logo em uma ocasião de processo de seleção, algumas empresas, preferem optar por não contratar pessoas tatuadas ou com piercing.

Expor as tatuagens e piercings na entrevista de emprego, pode? Bom, isso vai depender do perfil da empresa, e da área de atuação do profissional, ainda mais em áreas como saúde, direito, engenharia e finanças. Para o profissional que pretende adentrar no ambiente corporativo julga-se necessário alguns cuidados na hora de fazer uma tatuagem/piercing e até mesmo expô-las. Tatuagens pequenas como tornozelo, nuca, orelhas são considerados mais comuns e podem ser facilmente cobertas, assim como piercings no nariz e na orelha são mais bem aceitos. Os outros tipos ainda causam certa resistência, pois causam maior impacto, logo aconselha-se que sejam evitados.

Antes de um processo seletivo fique atento ao perfil da empresa, caso seja um perfil mais conservador prefira escondê-los, pois expô-los pode ser infelizmente um ponto negativo na hora de uma contratação, e mesmo se a empresa não for tão conservadora tome cuidado, não abuse, e use do bom senso. Na dúvida dê preferência por esconder suas tatuagens e piercings para que não prejudiquem o desempenho do processo seletivo.

Texto: Fernanda Sauer