Notícias

O que você vai ser quando crescer?

O que você vai ser quando crescer? Quando somos crianças essa é uma pergunta aparentemente fácil e muito divertida de se responder, talvez você queira ou quisesse ser uma bailarina ou jogador de futebol, talvez um professor ou até mesmo uma astronauta. É delicioso imaginar e sonhar com os milhões de possibilidades de quem e como podemos ser. Mas, com o passar do tempo esta pergunta começa a se tornar uma difícil decisão. Afinal, a escolha profissional é fundamental na vida de qualquer pessoa. Cria-se sobre a escolha da área de atuação profissional muitas expectativas, como por exemplo, referente à pretensão de excelentes retornos financeiros, o reconhecimento na área escolhida, assim como, também, a ânsia de escolher algo prazeroso e satisfatório, e mais do que expectativas há sobre essa decisão muito mais medo. Medo de errar, de se frustrar, de desanimar frente a uma escolha errada. São tantos pensamentos que tudo parece se tornar muito mais complexo e difícil, não é mesmo? Mas, que tal pensar assim: A escolha profissional é apenas mais uma escolha em meio a tantas outras que fazemos na vida, e assim como qualquer outra é passível de certos, erros e até recomeços.

É importante entender, também, que nessa decisão sofremos diversas influências, sejam elas culturais, sociais, psicológicas e comportamentais, ou seja, uma série de valores e visões acabam por influenciar os nossos julgamentos, não apenas na decisão profissional, mas em todas as escolhas da nossa vida.Por isso, é necessário atenção, é preciso tomar cuidado para não acabar escolhendo algo que querem que você seja e não o que você quer ser. Cuide com a influência demasiada sociocultural em busca de algo de aparência, que busque apenas o consumismo e o sucesso. Claro, se importar com isso é de importante, porém mais do que isso você deve amar o que fizer, pois tudo que se faz com paixão e amor com certeza trará sucesso e bons frutos.

Saiba esta é uma decisão difícil, porém que não precisa ser enfrentada sozinho. Se você tem dúvidas ou se sente perdido procure ajuda, procure orientação, dialogue com familiares e profissionais das áreas que lhe interessar; procure participar de grupos e feiras assim como, também, conhecer mais de perto o dia a dia de cada profissão, seus desafios e prazeres. A ajuda de um orientador educacional ou um psicólogo é de suma importância, estes profissionais irão auxiliar e muito na sua escolha, irão te ajudar e permitir que você descubra sua aptidões e anseios, assim como também, irão auxiliar a desvendar o mundo ao seu redor e cada face de cada profissão que interessar.

E lembre-se não adianta apenas escolher uma carreira e esperar que o sucesso caia do céu, para crescer no mercado de trabalho ainda mais em um mundo tão competitivo é necessário se destacar, é preciso estudar, se especializar, adquirir conhecimento a cada dia e mais do que isso, tem que lutar, correr atrás, tem que se apaixonar e lembre-se, seja quem você quiser ser e nada de ter medo, pois há sempre tempo de recomeçar.

Texto: Fernanda Beatriz Sauer Silva