Notícias

Economize Energia

O horário de verão acabou, e com o inicio do horário de inverno consequentemente há um consumo crescente de energia elétrica dentro e fora de nossas casas. Com o horário de verão você acabava por acionar as luzes da sua casa mais tarde, assim como nas ruas, a iluminação pública. Essa mudança de apenas 01 hora no relógio, nos últimos 04 meses, foi capaz de economizar cerca de 150 milhões de reais aos cofres públicos, e além da economia no consumo de energia, há consequentemente uma economia no consumo das águas dos reservatórios utilizados para gerar energia elétrica.

Hábitos simples e fáceis podem estimular o consumo consciente de energia.  Confira 05 hábitos que podem fazer a diferença na sua conta de luz e melhor ainda fazer a diferença para o meio ambiente.

  1. Substitua lâmpadas incandescentes por lâmpadas de Led. Afinal apenas 10% de uma lâmpada incandescente é usada para iluminar, os outros 90% são “jogados fora”, exatamente, 90% de toda a energia desse tipo de lâmpada é perdida em forma de calor.
  2. Evite acender as luzes durante o dia, abra bem a casa para aproveitar a luz do sol.
  3. Sabe aquela mania de deixar o carregador do celular na tomada, mesmo quando não está usando? Então, esse hábito pode parecer inofensivo, no entanto o simples “deixar plugado na tomada” pode consumir cerca de até 60% de toda a sua energia elétrica. Então retire todos os aparelhos eletrônicos que não estiverem em uso como microondas e a TV, por exemplo, da tomada.
  4. Nada de banhos demorados. O chuveiro elétrico, usado pela maioria dos brasileiros, é um dos maiores consumidores de energia. Por isso, regre se para reduzir o seu tempo de banho. Aproveite, também, para regularmente limpar os furinhos do seu chuveiro, esse simples ato faz com que o equipamento não fique sobrecarregado e funcione melhor, economizando assim mais energia. Mais uma dica na hora do seu banho, use a opção INVERNO apenas nos dias frios.
  5. Geladeira, eis outro vilão de consumo de energia. Os refrigeradores, dependendo do modelo, são capazes de representar até 30 % do seu consumo energético. Por isso evite o abre e fecha desnecessário da porta da sua geladeira, e nada de armazenar alimentos ainda quentes, pois o eletrodoméstico precisa fazer mais esforço para poder gelar aquele alimento, gastando assim energia além do necessário para resfriar o ar.

Fácil, não? Então faça a sua parte, cada um de nós pode fazer toda a diferença.

Texto: Fernanda Sauer