Notícias

A importância do Incentivo à Leitura

Qual a importância do incentivo à leitura?

Atualmente, a tecnologia tem roubado a cena, principalmente entre crianças e jovens. É a televisão, o tablete, o celular, o computador os jogos eletrônicos e tudo isso acaba por muitas vezes afastar as pessoas do hábito da leitura, ler um livro, em alguns casos, se tornou algo um tanto quanto ultrapassado. Logo, não é a toa que, hoje, nos deparamos muitas vezes com as pessoas falando e escrevendo mal, ou que apresentam dificuldades de interpretação ou até mesmo falta de senso crítico frente às informações que recebem.

A leitura além de levar o leitor a um mundo de imaginação cheio de histórias, personagens, verdades, sonhos, intrigas, ação, romances, diversão entre outras coisas mais sem ao menos o leitor sair do lugar, é capaz de auxiliar e muito na criatividade, na fala e escrita e, também no vocabulário. Ler é um hábito prazeroso e enriquecedor a todos e em todas as idades.

Ler deve ser um ato incentivado desde criança, principalmente pelos pais, que devem passar exemplo. As crianças pequenas adoram ouvir e fantasiar histórias, principalmente se forem contadas de forma criativa e divertida. A dica para os adultos que desejam ensinar e incentivar os “pequenos” é incentiva-los desde cedo. Os livros devem ser ricamente ilustrados, pois são muito atrativos as crianças, especialmente para as menores de 02 anos de idade, a ilustração é o convite para o livro, e ajuda no desenvolvimento, auxiliando no aprendizado de palavras e a associação das mesmas com imagens.

A concentração das crianças, nesta idade, é um requisito muitas vezes difícil de conquistar, por isso as melhores opções de leitura para crianças de dois anos até a idade de alfabetização, que gira entre os 06 e 07 anos de idade, é optar por livros curtos, ilustrados e de fácil entendimento. Inclusive, há livros direcionados especificamente para auxiliar no desenvolvimento da alfabetização e que acabam por incentivar a criança a querer ler. Uma boa pedida para os “pequenos” leitores são os contos de fadas.

Já a partir dos 07 anos de idade recomenda-se uma nova abordagem, a leitura pode iniciar a ser mais complexa e com mais enredo, pois é a partir desta idade que o pensamento lógico começa a se desenvolver. As preferências de leitura nesta idade são variadas, como por exemplo, contos folclóricos, fábulas, sátiras e logo o apego pelas histórias com heróis. No entanto, no período da adolescência é quando o leitor começa a formar as suas preferencias literárias, optando por tramas mais elaborados e coerentes.

Assim como entre crianças e jovens a ato de ler é essencial, também, aos adultos. Além de ser um excelente aliado para relaxar, a leitura trabalha e fortalece as funções cerebrais, enquanto distrai e relaxa ler também trabalha a memória, o raciocínio lógico, a concentração, a criatividade e também auxilia no desenvolvimento de conhecimentos linguísticos e na ampliação de vocabulário.

O hábito de ler pode auxiliar até mesmo na hora de procurar um emprego ou até mesmo encontrar um emprego melhor. Com um amplo conhecimento de variados assuntos se torna mais fácil obter melhores e maiores chances de se destacar no mercado.

O hábito de ler pode trazer vários benefícios essenciais ao desenvolvimento humano. Então não perca mais tempo, leia, viaje, curta, dê asas a sua imaginação. A leitura pode mudar vidas.

Texto: Fernanda Beatriz Sauer

Leia outros artigos como este em: JUMPER Notícias