Seleção brasileira: curiosidades sobre os convocados da Copa do Mundo de 2018

selecao-brasileira-curiosidades-sobre-os-convocados-da-copa-do-mundo-de-2018.jpeg

Até mesmo quem não é lá muito fã de futebol está ligado nos assuntos sobre a Copa do Mundo de 2018 — afinal, o maior espetáculo esportivo do mundo está em andamento e, mesmo que não tenha sido dessa vez que a Seleção Brasileira conquistou o seu 6º título, nós ficaremos de olhos grudados na telinha até o final!

O grupo, comandado por Tite, disputou 5 partidas, marcou 7 gols, foi o líder de sua chave (Grupo E), mandou o México para casa nas oitavas de final e, infelizmente, foi eliminado pela Bélgica, na última sexta-feira, 06/07. #triste </3

No entanto, a equipe está de parabéns pela bela competição, pois jogou limpo e lutou com garra até os minutos finais! Mas, falando em jogadores, que tal descobrir algumas curiosidades sobre os convocados da seleção canarinha? Aposto que você vai se surpreender com esses fatos sobre os nossos principais atletas. Confira! o/

1. Alisson

Parece difícil de acreditar, mas o goleiro quase abandonou o sonho de ser jogador de futebol profissional ainda na adolescência. O motivo? Nos tempos de base, Alisson era baixo e magro demais e, por isso, tinha poucas chances de se dar bem na função. Hoje, com 1,93 m, o defensor não passa despercebido, não é mesmo? 😉

Outro fato curioso sobre o camisa 1 da Seleção Brasileira é que, no início de sua carreira, ele foi reserva do próprio irmão no Internacional. Quando Muriel se machucou em 2013, Alisson assumiu seu lugar e, desde então, tem brilhado no gol de grandes equipes do futebol mundial. Massa demais, hein?! \o/

2. Casemiro

Registrado como Carlos Henrique Casimiro, o volante adotou, por acaso, a escrita errada de seu sobrenome — um belo dia, trocaram a letra “i” pela “e” e, nisso, a sua camisa passou a estampar “Casemiro”.

Naquele jogo, o atleta fez uma ótima partida e, por superstição, acabou adotando para sempre o “novo” sobrenome. Pelo jeito, a mudança trouxe mesmo muita sorte para sua carreira!

Natural de São José dos Campos, SP, ele iniciou a sua carreira no São Paulo, onde permaneceu até ser transferido para o Real Madrid Castilla — equipe B do gigante time espanhol. Seu apelido na infância era “Trakinas” e o jogador inventava várias desculpas para faltar às aulas, mas nunca aos treinos! Por que será, né? xD

3. Firmino

Revelado pelo Figueirense, Roberto Firmino concorreu com Luan, Diego Souza e Willian José pela vaga de reserva de Gabriel Jesus, na equipe convocada. Porém, ele convenceu Tite ao realizar uma ótima temporada pelo Liverpool, time que defende atualmente.

Fã do cantor Wesley Safadão, Firmino é bastante tímido em abordagens de fãs, patrocinadores e jornalistas — por isso, costuma evitar as entrevistas coletivas. Além disso, já cometeu algumas gafes inesquecíveis em sua carreira. 😛

Uma delas foi quando decidiu tatuar a frase “Família, amor sem fim” quando jogava na Alemanha. O atacante escolheu usar o idioma germânico na ocasião, mas como não era fluente em alemão, fez a tradução pelo Google Tradutor. O resultado? A tatuagem acabou ficando com um erro de gramática, hehehe!

4. Gabriel Jesus

Nascido em São Paulo, Gabriel Jesus iniciou sua carreira treinando no campo do presídio militar Romão Gomes. Fã de pagode, samba, sertanejo e funk, se não fosse jogador, ele certamente seria cantor. Órfão de pai, o camisa 9 da Seleção Brasileira tem na figura materna, Vera Lúcia, uma grande incentivadora. Além de protetora, é uma daquelas mães bem corujas, sabe? Pois é! <3

Aos 21 anos, Gabriel Jesus é o jogador mais novo entre os atletas que foram escolhidos por Tite. Apesar da pouca idade, o atacante acumula muitas conquistas, como a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro pelo Palmeiras — time onde obteve muito destaque. Ah! É importante dizer que ele foi transferido para o Manchester City, em 2016. Chique demais! 😀

5. Miranda

Caçula da sua família, João Miranda de Souza Filho decidiu se tornar zagueiro por causa de um dos irmãos. Hoje com 33 anos, o jogador tinha apenas 6 quando o irmão mais velho — Vicente — morreu em um grave acidente. Na época, Vicente atuava como zagueiro em Paranavaí – PR e, por isso, Miranda decidiu jogar na função para homenagear o irmão falecido.

Iniciou sua carreira como jogador de base do Coritiba, de onde se transferiu para o São Paulo. No time tricolor, consagrou-se campeão até ser transferido para o futebol europeu, onde está hoje. E, sim, ele disputou a sua primeira Copa do Mundo neste ano! 😀

6. Neymar

O grande astro da Seleção Brasileira também é muito popular nas redes sociais — com quase 94 milhões de seguidores, Neymar é o brasileiro com mais fãs no Instagram. Muito dessa popularidade se deve ao seu namoro com a atriz brasileira Bruna Marquezine.

Com um estilo bastante irreverente, o atacante coleciona mais de 30 tatuagens pelo corpo. Além disso, vive ousando nos cortes de cabelo: já teve moicano, platinado, descolorido e até raspado nas laterais. A primeira frase que postou no Twitter — “O ousado chegou” — faz sucesso até hoje. Definitivamente, o Neymar, mesmo não tendo conquistado o título, continua sendo um arraso! #forçameninoNey <3

7. Paulinho

Nascido em São Paulo, a carreira de Paulinho começou cedo. Aos 16 anos, o atleta foi para a Europa jogar no Vilnius, da Lituânia. No entanto, ele ficou apenas uma temporada por lá, já que teve problemas de adaptação — e, também, porque foi vítima de racismo. Triste, não é mesmo? )’:

Jogou em diversos times desde então, mas a sua carreira decolou mesmo quando foi contratado pelo Corinthians. No timão, Paulinho brilhou ao lado de diversos jogadores renomados e de diferentes gerações — como Marquinhos, Alexandre Pato, Roberto Carlos e Ronaldo Fenômeno. Antes disso, sua família ainda tinha que ajudá-lo nas despesas, acredita? Que reviravolta, hein?! ;D

8. Philippe Coutinho

Um dos astros do Barcelona, o carioca Philippe Coutinho iniciou sua carreira no Vasco da Gama. Peça chave da Seleção Brasileira, o camisa 11 marcou 2 gols nessa edição da Copa do Mundo — assim como o Neymar.

Estreante na competição, antes de ser contratado pelo Barça, o meia defendeu outros times importantes do futebol mundial — como o Inter de Milão e o Liverpool. Casado e pai de uma filha, o atleta já declarou ser fã de Ronaldinho Gaúcho. 🙂

9. Thiago Silva

Capitão da Seleção Brasileira na Copa de 2014, Thiago Silva já esteve entre os melhores zagueiros do mundo durante os anos em que defendeu o Milan e o PSG. Começou a carreira em times pequenos do Brasil, mas foi pelo Fluminense que sua estrela começou a brilhar. *.*

Aos 20 anos, o atleta foi diagnosticado com um grave caso de tuberculose e, por essa razão, teve que ficar afastado dos gramados por 5 meses — a doença quase colocou fim à sua carreira, mas ele deu a volta por cima e essa é a sua terceira competição em uma Copa do Mundo! <3

Como você pôde ver, além de talento, simpatia e muita eficiência com a bola nos pés, os jogadores convocados por Tite para defender a Seleção Brasileira nesse mundial também possuem muitas histórias de superação, trabalho e dedicação. Ficamos tristes com a eliminação, mas o nosso coração de brasileiro não desiste nunca, não é?! #vemhexa2022

A Copa do Mundo de 2018 está um verdadeiro espetáculo de passes, dribles e emoções. Enquanto esperamos pelo campeão, qual tal descobrir algumas curiosidades sobre a competição? Até mais! o/