Primeiro salário: 7 dicas de ouro para saber como aproveitá-lo

primeiro-salario-7-dicas-de-ouro-para-saber-como-aproveitalo.jpeg

Finalmente aquele dia tãããão esperado chegou! Você encontrou um trabalho bem legal e acabou de receber seu primeiro salário. Por isso, está superansioso para começar a comprar tudo o que sempre quis com seu próprio dinheiro! A gente entende como é essa sensação. 😉

Então, aproveite! Nesse primeiro momento, use sua graninha para se divertir bastante! Vá ao cinema com seus amigos ou compre a versão paga daquele jogo maneiro! Você decide! Afinal, você merece! 😀

Mas não se esqueça: “com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”. Por isso, você tem que saber como aproveitar seus próximos salários para nunca ficar no vermelho no fim do mês. 

Agora, se você não tem ideia de como cuidar disso, fique ligado neste post com nossas dicas de ouro que podem ajudar muito você! o/

1. Preocupe-se primeiro com suas despesas

Infelizmente, as contas batem à nossa porta todos os meses. Se você ainda não precisou pagar uma conta de luz, internet ou água, é questão de tempo para que elas comecem a fazer parte da sua vida financeira. Mas não tenha medo! Sabendo cuidar do seu suado dinheiro, dá para usá-lo também para outros fins.

Para isso, lembre-se: antes de qualquer coisa, separe parte do dinheiro para pagar as suas despesas. Procure estar em dia com todas as contas até mesmo para evitar aquela situação chata de ficar com o nome sujo — que acontece quando a pessoa não paga suas contas e, por isso, seu nome e CPF são colocados na lista de maus pagadores. #medo D:

2. Pense bem antes de comprar

Se depois de pagar as despesas sobrar uma grana, você pode comprar o que quiser. Mas é importante pensar direitinho no que vale a pena gastar o seu dinheiro, hein?

Por exemplo: imagine que você está andando na rua e vê uma vitrine com aquele tênis que está super na moda. A sua vontade é de comprá-lo naquele mesmo segundo, certo?

Cuidado nessa hora! Muitas vezes, somos levados a querer certas coisas somente por alguns minutinhos. Afinal, quem nunca comprou uma roupa por impulso e nunca usou? Por isso, saiba exatamente por que você quer comprar seja lá o que for e se realmente é útil para você. 😉

3. Saiba escolher a melhor forma de pagamento

Agora, caso você já esteja certo do que quer comprar, então é hora de pensar em outro ponto superimportante: como pagar. Sim! Isso porque existem duas formas: à vista e a prazo.

O ideal é que você sempre escolha opções à vista, ou seja, quando todo o valor é pago na hora da compra. Mas nós sabemos que, algumas vezes, a graninha fica um pouco curta, e é aí que o pagamento a prazo pode entrar na história como salvador da pátria. \o/

Mas atenção, hein! Essa segunda opção (que permite o parcelamento da compra em várias vezes, dependendo da empresa e do produto) deve ser sua última escolha. Afinal, como o valor total da compra é dividido em parcelas menores, você fica responsável por pagá-las todos os meses até o fim.

E fique ligado: às vezes, o produto comprado a prazo acaba saindo mais caro do que o valor à vista, por causa dos juros que acompanham a compra. #socorro 😛

4. Não se esqueça de se divertir

Nesta parte do texto, você já deve estar pensando: “com tantas despesas e cuidados, acho que não vou conseguir usar meu dinheiro para me divertir, né?”. Errado! Tem como sim! Na verdade, essas dicas sugeridas até agora são exatamente para que você possa usar o seu dinheiro com mais tranquilidade na hora do lazer. ;D

Imagine só: depois de pagar tudo o que é devido, você consegue separar uma parte do salário para gastar com o que quiser — e isso só é possível se você se planejar bem. Assim, você consegue sair com seus amigos e se divertir sem preocupações ou estresses. #sussa *-*

5. Invista na sua educação

Você acabou de entrar no mercado de trabalho e parece que tudo está muito bem (e está mesmo). No entanto, você logo perceberá que os estudos e as qualificações profissionais são importantes para conseguir aquele emprego massa ou, até mesmo, para ser promovido na própria empresa em que trabalha. Afinal, é preciso se capacitar para saber fazer sempre mais e melhor no trabalho.

Por isso, invista na sua educação! Antes disso, algumas dicas: descubra quais são as formas ideias para você se qualificar no mercado (com os cursos profissionalizantes, por exemplo), saiba quanto vai precisar juntar e comece a guardar uma parte do seu salário todos os meses até alcançar o valor que for preciso. Depois, é só meter as caras nos estudos e se dedicar! <3

6. Crie uma reserva

Além de juntar uma graninha para investir na sua educação, é importante que você também crie o hábito de fazer uma reserva (poupança) para os imprevistos. Vai que suas despesas, mesmo com todos os cuidados tomados, extrapolem o valor que você consegue pagar, né? Assim, a reserva é uma ótima forma de salvá-lo, evitando problemas financeiros lá na frente.

Para isso, o ideal é que você abra uma conta poupança em um banco de sua preferência. Se você ainda é menor de 18 anos, é preciso ir com seus pais ou responsável para que eles também assinem o contrato de abertura da conta bancária. Assim, vai ser bem mais fácil juntar uma reserva e deixá-la em um local seguro. Pode confiar! :))

7. Estabeleça metas para usar o dinheiro

Como você já deve ter percebido, saber escolher a melhor forma de aproveitar o seu salário é conhecimento básico. Além de ajudar você a pagar todas as contas e comprar o que quiser, os investimentos na sua educação e a reserva de dinheiro são fáceis de fazer. Por isso, é legal estabelecer metas e objetivos a serem alcançados em prazos curtos, médios e mais longos! 😀

Por exemplo: no planejamento do seu dinheiro, a compra de um ingresso para um show pode ser considerada como uma meta de curto prazo. Isso quer dizer que parte do seu salário estará, por pouco tempo, dedicada a essa despesa. Assim que o ingresso for totalmente pago, você pode usar essa fatia do seu dinheiro para novas metas. Demais, não é?

Mas atenção: para metas com prazos médios, como o pagamento de um curso profissionalizante, e longos, como a compra de um carro, o dinheiro dedicado a elas não pode ser usado para outros fins por um tempo maior. Por isso, planejar o tempo ajuda você a não se esquecer do destino de cada parte do seu salário. 😉

Dessa forma, com essas dicas fundamentais, você vai conseguir aproveitar melhor seu salário, sem deixar de pagar, no tempo certo, suas despesas. Então, lembre-se: pense e planeje bem antes de fazer as compras e também crie reservas dedicadas à educação e imprevistos para que você fique sempre numa boa. Beleza? 😀

Quer nos contar um pouco sobre como foi sua experiência ao receber seu primeiro salário? Então, deixe seu comentário abaixo! A gente quer saber! \o/