O que aprender com a carreira do Felipe Castanhari?

o-que-aprender-com-a-carreira-do-felipe-castanhari.jpeg

Com mais de 11 milhões de inscritos, o Canal Nostalgia contagia o público com seu conteúdo um tanto nostálgico (hehe). Afinal, podemos encontrar em seus vídeos algumas curiosidades sobre aqueles desenhos e programas de televisão que a gente A-M-A-V-A quando era criança, sabe? Sim, estamos falando dele: Felipe Castanhari. Yeah 😀

Mas o que nem todos sabem é que, desde a criação do canal até o momento em que ele realmente fez sucesso, muita coisa aconteceu — e foi necessário se adaptar para se transformar no fenômeno que conhecemos hoje.

Com dinamismo, inovação e determinação, Felipe conquistou o seu lugar em uma das carreiras mais desejadas da atualidade. Quantos jovens não estão pensando, nesse exato momento, o que poderiam fazer para iniciar um canal de sucesso e ganhar dinheiro com isso?

Se você faz parte desse grupo, leia nosso post até o fim para conhecer um pouco mais sobre a carreira de um dos maiores YouTubers do país, e como sua trajetória pode inspirar, e muito! Quem gostou levanta a mão \o/

A ideia que deu início a tudo

O Canal Nostalgia surgiu no final de 2011, com a intenção de atender a uma proposta pouco explorada na época, mas que tinha muita chance da dar certo. A ideia era criar algo que falasse sobre fatos e curiosidades daqueles programas da nossa infância e que hoje não são mais transmitidos, ou não fazem tanto sucesso com o público infantil.

Castanhari, que na época trabalhava com animação 3D, viu ali uma oportunidade de iniciar uma nova carreira, unindo sua paixão pelas antigas produções com suas habilidades profissionais. Que sacada, hein?!

Como já estava bem estabelecido financeiramente, ele poderia se dedicar ao novo projeto mantendo o foco no conteúdo, na apresentação e na estratégia para que tudo funcionasse da melhor maneira possível. :O

Com uma câmera emprestada, uma ideia na cachola e usando o seu quarto como plano de fundo para as filmagens, ele deu início ao que garantiria, futuramente, o seu sustento, liberdade financeira e reconhecimento profissional. Quem não quer isso, não é mesmo?!

A importância da adaptação

Acontece que nem toda ideia funciona muito bem logo de cara, e nesse caso não foi diferente! Castanhari conta que os primeiros quatro vídeos não tiveram o resultado esperado. :\ 

Isso aconteceu por diversos motivos, como o excesso de palavrões e a falta de edição e de tempo para se dedicar às produções — mas para nossa sorte, ele não desistiu. Ufa!

Com o aprendizado que obteve e a necessidade de adaptar o formato dos vídeos (para que se adequassem aos recursos que tinha disponíveis), o quinto vídeo fez com que o canal passasse de 60 para mil inscritos, em apenas dois dias. Isso é que é virada!

O fenômeno Felipe Castanhari

O sexto vídeo garantiu suas primeiras 120 mil visualizações, mas não pense que foi fácil! Criar um canal de sucesso exige muita dedicação, afinal, não é simplesmente pegar uma câmera e sair filmando, né?

É necessário estratégia para alcançar esses números e, principalmente, se manter nessa posição. Para isso, Castanhari usou seu conhecimento na animação para inovar e manteve a motivação e a persistência até que atingisse seu objetivo. Assim, ele se transformou nesse fenômeno da internet brasileira, ao lado de outros youtubers que amamos.

Pensa que acabou? Não, Felipe Castanhari ainda quer mais! Para que o conteúdo já postado no canal fique ainda melhor, ele iniciou um novo projeto: o Nostalgia Drops. Os drops são vídeos mais curtos que vão acrescentar informações aos vídeos antigos. A ideia é postar um vídeo por semana e, claro, o público amou! <3

E aí, deu para se inspirar com essa história? Agora é colocar a mão na massa e, quem sabe, se transformar no próximo sucesso do YouTube ;p Nada mal, hein?!

Gostou? Então diz aí pra gente o que você achou e se você curte o Felipe! A gente vai A-D-O-R-A-R saber!