Copa do Mundo de 2018: 10 curiosidades que vão te fazer querer assistir a todos jogos

copa-do-mundo-de-2018-10-curiosidades-que-vao-te-fazer-querer-assistir-a-todos-jogos.jpeg

Entre os dias 14 de junho e 15 de julho, pessoas do mundo todo ficarão ligadíssimas em um único evento esportivo: a Copa do Mundo de 2018 que será sediada pela Rússia. :O

Além do país anfitrião, outras 31 nações vão disputar a taça de campeão mundial nesta 21ª edição, sendo que 14 seleções são da Europa, 5 da África, 5 da Ásia e 8 das Américas. Alguns países vão jogar pela primeira vez na competição, enquanto a Seleção Brasileira é a única que marcou presença em todas as edições. Uau! #soberana 😉

A Copa do Mundo de 2018 será disputada em 11 cidades russas: Moscou, São Petersburgo, Sochi, Volgogrado e Ecaterimburgo são algumas delas. Quatro estádios foram construídos do zero para a competição — o que deve garantir uma super-hiper-mega tecnologia no torneio. Já os outros oito passaram por reformas. Consegue imaginar o design inovador de cada um? Pois é! A gente também está ansiosíssimo por aqui!

Mas então? Preparado para conferir 10 curiosidades desse importante evento esportivo (que é capaz de parar o mundo) e começar, desde já, a torcer pela Seleção Brasileira? Se liga só! o/

1. Primeira Copa na Rússia

Apesar de ser um esporte muito popular na Rússia, o futebol não é lá uma modalidade em que os russos são especialistas — diferentemente do Brasil, não é mesmo? Aqui, a gente dá show em campo! 😉

Lá, em competições mundiais, a Rússia conquistou apenas um quarto lugar na Copa de 1966. Xii!

Entretanto, como sede, a Rússia já foi palco de grandes eventos esportivos como os Jogos Olímpicos de Verão de 1980, em Moscou, e os Jogos de Inverno de 2014, em Sochi. Porém, esta será a primeira vez que o país sediará uma Copa do Mundo de futebol masculino. E a gente não vê a hora da bola rolar em campo, não é mesmo? #vemhexa 😀

2. Temática do torneio

A temática atual da competição transformou a taça em uma matriosca — aquelas bonequinhas tradicionais russas que são um dos símbolos do país. Com cores fortes e marcantes, o desenho foi apresentado por astronautas em missão no espaço. Que arraso! :O

No emblema, também estão representadas outras características das quais a Rússia se orgulha, como o seu desenvolvimento aeroespacial e a história de inovação do país. E o resultado ficou lindo! <3

3. Países estreantes

A Copa do Mundo de 2018 será a primeira competição do tipo para 2 países: Islândia e Panamá. O primeiro foi a sensação da Eurocopa de 2016, realizada na França — a Islândia chegou as quartas de final e se classificou como líder de seu grupo nas Eliminatórias da Europa.

Já o Panamá superou os Estados Unidos na última rodada e ficou com o terceiro lugar nas eliminatórias da Concacaf (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe). Agora é só esperar para ver as seleções em campo! XD

4. O mascote da Copa

Quem não se lembra do leopardo Zakumi (Copa de 2010) ou do tatu-bola Fuleco (Copa de 2014)? Pois, esse ano o mascote oficial da competição é o lobo Zabivaka.

Seu nome significa algo como “pequeno goleador” e o personagem foi escolhido pela maioria dos internautas em uma eleição online, superando outros animais que também estavam no páreo, como um gato e um tigre.

O lobo Zabivaka é todo fashion, veste uma camiseta branca, usa óculos esportivo na cor laranja e está sempre acompanhado de uma bola — só esperando uma chance de marcar um gol! E nós estamos na torcida para que não seja contra o Brasil, hehe.

5. A bola da competição

A principal estrela do torneio recebeu o nome de Telstar 18 e foi apresentada em Moscou, em novembro do ano passado. Fabricada pela marca esportiva Adidas, a bola oficial será a primeira na história das Copas a ter um chip de tecnologia NFC — com capacidade de interação wireless via smartphone. Demais! :O

Essa Copa é mesmo a competição mais tecnológica que já vimos, hein?

6. A maldição do atual campeão

Nas duas últimas Copas, o atual campeão foi eliminado ainda na primeira fase — em 2010, a Itália empatou com o Paraguai e a Nova Zelândia e perdeu para a Eslováquia; enquanto em 2014, a campeã Espanha recebeu o título de fiasco da competição ao perder para Holanda e Chile e ir para casa mais cedo. Que zica!

Por isso, é bom que a Alemanha tome cuidado esse ano, afinal, vai que a maldição seja mesmo verdadeira!? #7x1nuncamais 😛

7. Itália fora da Copa

Tetracampeã mundial e dona de uma das camisas mais pesadas do futebol, a Itália não vai disputar o pentacampeonato esse ano na Rússia. :O

A última vez que isso aconteceu foi em 1958, quando a seleção também não se classificou — antes disso, a equipe não tinha aceitado o convite para ir ao Uruguai disputar o Mundial de 1930.

Em 2018, a Itália será a única das sete seleções campeãs a não estar na disputa. A Holanda, outra fera do futebol, também não se classificou nas eliminatórias — na última competição, ela ficou em terceiro lugar.

8. Abertura sem campeões

Esse ano será a terceira vez que uma abertura da Copa do Mundo não contará com, ao menos, uma seleção vencedora em campo. O primeiro jogo da edição de 2018 será disputado entre a anfitriã Rússia e a equipe da Arábia Saudita.

Antes disso, esse episódio ocorreu em 1970, quando México e União Soviética realizaram a abertura da competição; e em 2010, com a partida disputada entre África do Sul e México. Interessante, não? 😉

9. Países que estão de volta

Na última Copa, 10 países ficaram de fora do torneio: Peru, Suécia, Polônia, Egito, Sérvia, Dinamarca, Marrocos, Tunísia, Arábia Saudita e Senegal. Porém, todos eles estarão de volta nesta edição!

Sérvia e Suíça, inclusive, estão na mesma chave que o Brasil — Grupo E. O quarto país a completar o grupo é a Costa Rica. Mas nenhum deles é páreo para a nossa Seleção Canarinho. <3

10. Os preparativos do Brasil para a Copa

O Brasil foi o primeiro país a se classificar para o torneio deste ano — com exceção da Rússia, que teve sua garantida por ser sede da competição. Com Tite no comando da equipe, a seleção fez uma ótima campanha na fase das Eliminatórias. 🙂

A maioria dos 23 jogadores convocados defendem grandes clubes do futebol inglês ou europeu, como Gabriel Jesus, Danilo e Fernandinho do Manchester City, Firmino do Liverpool, Casemiro e Marcelo do Real Madrid e Marquinhos, Thiago Silva e Neymar do PSG.

Neymar, aliás, é o grande craque da Seleção Brasileira e uma das principais apostas tanto de Tite como de toda a torcida verde e amarela. No início do ano, o atacante sofreu uma séria lesão no pé e precisou ficar um bom tempo em recuperação. No entanto, o jogador já está de volta aos gramados — inclusive, ele marcou um golaço no amistoso que a seleção teve com a Croácia no dia 3 de junho. Que show! \o/

A equipe brasileira já em solo russo se preparando para seu primeiro jogo na Copa. E nós, aqui no Brasil, estamos na expectativa de ver os nossos jogadores defendendo a camisa verde e amarela em busca do título de hexacampeão.

A Copa do Mundo de 2018 já começou! Enquanto esperamos a estreia do Brasil, que tal conferir quais são os melhores jogadores que estarão em campo no torneio? Vai que é sua, Brasil! 😀